2017 em quatro fotografias que também “podiam ser de outros anos”

03 January 2018

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Entre as milhares de fotografias captadas em 2017, Albertino Gonçalves, investigador do CECS, escolheu e comentou quatro.

Incêndio em Vieira de Leiria, Portugal, no dia 15 de Outubro de 2017 (Página das Nações Unidas no Twitter)

As fotografias de 2017 selecionadas por Albertino Gonçalves mostram um dos incêndios do dia 15 de Outubro, uma fila debaixo de neve na véspera do lançamento do iPhone X, uma manifestação pró-independência em Barcelona e refugiados do Sudão do Sul à espera de comida.

Para o investigador, “as fotografias são de 2017, mas podiam ser de outros anos, mormente, dos anos que se aproximam”. Os temas que representam resumem-se a quatro questões: “como enfrentar calamidades sem preparar as populações? Como idolatrar e, simultaneamente, exorcizar a técnica? Em termos de identidade, pode-se ser e não ser? Por que persistimos em ser tão desiguais no apoio à miséria alheia?”.

A reflexão de Albertino Gonçalves sobre esta temática está disponível no seu artigo A sorte e o azar.