Researchers

Albertino Gonçalves

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Sociologia, em 1994, é Professor Associado com Agregação na Universidade do Minho. Ensina e investiga em sociologia da cultura e da arte, entre a sua obra constam as publicações Impactos Económicos e Sociais. Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura (com Rui Vieira de Castro, Francisco Carballo-Cruz, João Cerejeira e Luís Amaral, 2013); A Idade de ouro do postal ilustrado em Viana do Castelo (2011) e Vertigens. Para uma sociologia da perversidade (2009). Entre outras atividades de extensão comunitária, coordenou a avaliação do impacto cultural de Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura, a criação do Espaço Memória e Fronteira, em Melgaço eo Projeto Dar Vida às Letras, na Comunidade Intermunicipal do Vale do Minho, entre outras. É dinamizador do blogue Tendências do Imaginário.

Alberto Sá

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, em 2012, Alberto Sá é Professor Auxiliar do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. É Diretor do curso de Ciências da Comunicação onde ensina na área dos meios e comunicação digitais. (more…)

Alexandra Leandro

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Alexandra Leandro, nascida no Porto em 1975 é, desde 2002, professora da área das Ciências da Comunicação, dos Média e das Organizações, na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Coimbra. A docência acontece depois de alguns anos em departamentos de Marketing de empresas portuguesas, maioritariamente na Indústria Alimentar. Licenciada em Comunicação Social, ramo Publicidade, pela Universidade do Minho, em 1998. Pós-graduada em Direito da Comunicação pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, com MBA em Marketing pela Porto Business School e Mestre em Gestão de Empresas pela Universidade do Porto. Doutorou-se, em 2017, em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, tendo a sua dissertação como tema “A Comunicação das Organizações Socialmente Responsáveis: uma análise de relatórios de responsabilidade social”.

Alice Delerue Matos

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências Sociais, com especialização em Demografia, pela Universidade Católica de Louvain, na Bélgica, em 2007, Alice Delerue Matos é Professora Auxiliar do Departamento de Sociologia da Universidade do Minho. Coordena a equipa portuguesa do projeto europeu SHARE – Survey of Health, Ageing and Retirement in Europe. Centra a sua investigação nas áreas da Sociologia do Envelhecimento, Sociologia da Saúde e Demografia, tendo publicado “O mais importante é ter saúde”: representações sociais sobre o envelhecimento positivo” e “Informal support in Portugal by individuals aged 50+”, ambos em co-autoria. Membro da direção da Associação Internacional de Sociólogos de Língua Francesa, do Conselho Consultivo da Associação Portuguesa de Demografia, e Consultora estrangeira do projeto ELSI-Brasil (Estudo Longitudinal da Saúde e bem-estar dos Idosos Brasileiros), venceu o Prémio de Mérito de Docência, pela Universidade do Minho, em 2008, e o 3º Prémio Boas Práticas de Envelhecimento Ativo com o projeto “Bem Envelhecer”, em 2012, atribuído pela Câmara Municipal de Braga e pela Fundação Bracara Augusta. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Alice Dutra Balbé

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Ciências da Comunicação Título do projeto: As representações das alterações climáticas nas redes sociais Orientadora: Anabela Carvalho

Álvaro Cairrão

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Álvaro Miguel da Costa Cairrão (Caminha, 1970) Licenciado em Relações Públicas pela Universidade Fernando Pessoa – Porto, licenciado em Publicidade e Relações Públicas, Mestre e Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade Autónoma de Barcelona. Bolseiro de Doutoramento da FCT. Encontra-se a realizar o Pós-Doutoramento no ICS da Universidade do Minho. Docente em diversas instituições de ensino superior: Universidade Fernando Pessoa – Porto, Instituto Superior Miguel Torga – Coimbra, Escola Superior de Educação e Escola Superior de Ciências Empresarias do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (onde foi vice-diretor do 1º e 2º ciclos em Ciências da Comunicação) e Universidade Portucalense – Porto. Como resultado de trabalhos de investigação tem como produção científica diversos artigos científicos em revistas nacionais e internacionais com e sem peer review, bem como manuais pedagógicos, livros eletrónios e capítulos de livros.

Ana Maria Costa Silva

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Pós-Doutorada em Serviço Social, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2014), e Doutorada em Ciências da Educação, pela Universidade do Minho (UM) e em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo, em 2005, Ana Maria Costa é Professora Auxiliar no Instituto de Educação da UM, onde coordena Mestrado em Educação, área de especialização em Mediação Educacional e Supervisão na Formação. Especialista em Estudos Curriculares e Mediação de Conflitos e Serviço Social, coordenou a equipa portuguesa que participou no projeto europeu ARLEKIN – Mediação Social, Mediadores Sociais na Europa: Formação e Profissionalização. Membro fundador e da direção da Estreiadiálogos, Rede Internacional de Investigação-Ação Colaborativa dos países Lusófonos, entre a sua obra constam Assistentes Sociais e Mediadores: construindo identidades profissionais (Chiado Editora, 2015) e International Handbook of Professional Identities (Scientific & Academic Publishing, 2015), este último em co-autoria. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Ana Maria da Costa Macedo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Estudos Culturais Título do projeto: Arquivos de Família e Escritos Autobiográficos Orientador: Professor Doutor Albertino Gonçalves

Ana Melo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professora Auxiliar do Departamento de Ciências da Comunicação do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, Ana Duarte Melo doutorou-se em 2013 em Ciências da Comunicação, pela UM, onde ensina nas áreas de Publicidade, Guionismo e coordena a Comissão de Estágios do Mestrado de Ciências da Comunicação. Estuda, entre outros temas, a Publicidade, participação dos cidadãos nos média, comunicação estratégica das marcas e do território. É sócia da Sopcom – Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação -, vice-chair da secção Participatory Communication Research da IAMCR e foi, até 2016, a chair da secção Comunicação Organizacional e Estratégica da ECREA. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Ana Melro

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Ciências da Comunicação (Doutoramento Europeu) Título do projeto: O (des)interesse dos jovens pela atualidade: estudo sobre o papel dos media na informação sobre o mundo Orientadora: Sara Pereira

Anabela Carvalho

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Geografia, pela University College London, em 2002, Anabela Carvalho é Professora Associada no Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho onde lecciona disciplinas como Comunicação, Ciência e Ambiente, Comunicação Internacional e Comunicação Política. É a Diretora do Doutoramento da FCT “Estudos de Comunicação: Tecnologia, Cultura e Sociedade“, que funciona em regime de consórcio com seis centros de investigação nacionais. A sua investigação centra-se sobre os domínios da comunicação e ambiente, comunicação e ciência, e comunicação e envolvimento politico, com particular incidência no tema das alterações climáticas. Participou na fundação da Sopcom (Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação), da IECA (International Environmental Communication Association), e é sócia da IAMCR (International Association for Media and Communication Research) e da ECREA (European Communication Research and Education Association), onde foi vice-chair da Secção de Comunicação de Ciência e Ambiente. Foi ainda a Investigadora Responsável de projetos financiados pela FCT “The Politics of Climate Change: Discourses and Representations” (2005-2008) e “COMPOLIS – ‘Communication and Political Engagement with Environmental Issues” (2013-2014).

Andreia Maria Durães Gomes

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Licenciada em Ensino da História pela Universidade do Minho, em 2000, e em História (Ramo Científico), pela mesma universidade, em 2006. Foi bolseira de Doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Doutorada em História (área de especialização: Idade Moderna), pela Universidade do Minho, em 2018, com a dissertação “Casas de cidade: processo de privatização e consumos de luxo nas camadas intermédias urbanas (Lisboa na segunda metade do século XVIII e início do século XIX)”, que desenvolveu sob a orientação da Professora Isabel dos Guimarães Sá e do Professor Nuno Gonçalo Monteiro. Desenvolve a sua pesquisa sobre história social na Idade Moderna, focando a sua atenção nas camadas intermédias urbanas nos finais do Antigo Regime, a história do consumo, cultura material e arquitetura corrente.

Carla Alexandra Delgado Vieira

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Ciências da Comunicação Título do projeto: O Envelhecimento na Imprensa Orientação: Rosa Cabecinhas e Carla Cerqueira

Carla Cerqueira

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências da Comunicação, com especialização em Psicologia da Comunicação, pela Universidade do Minho, em 2012, Carla Cerqueira é atualmente bolseira de pós-doutoramento em Ciências da Comunicação da FCT (Fundação para a Ciência e a Tecnologia) e Professora Auxiliar na Universidade Lusófona do Porto. Integra o Conselho de Opinião da RTP enquanto representante das ONG do Conselho Consultivo da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género. Estuda as relações entre género e os média, as desigualdades sociais e a comunicação no quadro das ONG. Entre as suas publicações constam “A cobertura  jornalística  do  Dia  Internacional  das  Mulheres  na  imprensa  portuguesa:  mudanças,  persistências  e  reconfigurações” e “De outro género: propostas para a promoção de um jornalismo mais inclusivo“, ambos em co-autoria. Pertence a várias associações ligadas à sociedade civil, como a API (Associação Plano I para a Igualdade e a Inclusão), fundou o Núcleo de Teatro do Oprimido de Braga e é presidente da Civitas Braga. Integra a equipa do Global Alliance on Media and Gender (GAMAG Europa), é membro da ECREA, na secção de Género e Comunicação e de Estudos de Jornalismo. Pertence ainda à IAMCR, à Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres (APEM), Sopcom e UMAR. Fez parte ainda da equipa que fundou o Seminário Permanente de Comunicação & Diversidade, do CECS.   Informações sobre o projeto de Pós-Doutoramento Título: “Cidadania e igualdade de género: relações entre a cultura das redações e a estratégias de comunicação das ONG” Orientação: Rosa Cabecinhas (Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho), Juana Gallego (Departamento de Media, Comunicação e Cultura, Universidade Autónoma de Barcelona) e Liesbet Van Zoonen (Departamento de Ciências Sociais, Universidade Erasmus de Roterdão). Resumo: O projeto tem como objetivo principal estudar as estratégias de comunicação da ONG em Portugal e a sua relação com as redações jornalística. Procura observar a agenda mediática sobre estes estudos, sinalizando temáticas mais frequentes e questões de género mais tratadas.

Carlos Veiga

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professor Auxiliar com Agregação no Departamento de Sociologia da Universidade do Minho, doutorou-se em Sociologia, pela Universidade do Minho, em 2003. Leciona as disciplinas de Métodos e Técnicas de Investigação Social, Sociologia da Solidariedade e Exclusão Social, Estatística e Análise de Dados em Sociologia, Sociologia das Organizações e Sociologia da Deficiência e da Reabilitação. Centra a sua investigação no campo da deficiência e das organizações de reabilitação das pessoas com deficiência. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Carlota Santos

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em História, na área de conhecimento Demografia Histórica, pela Universidade do Minho em 2005, é Professora Auxiliar do Departamento de História da Universidade do Minho. Entre as suas áreas de investigação constam a Demografia Histórica, História das Populações, Biodemografia e História da Família.

Clarisse Pessôa

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Clarisse Alves Monteiro Pessôa é doutora em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, com tese intitulada “Educação para os media em contexto escolar: investigação-ação com crianças do ensino básico”. Atualmente, colabora como docente da Licenciatura em Ciências da Comunicação, na Universidade do Minho e faz a gestão da Comunicação Estratégica de 30 projetos de investigação científica, concebidos no âmbito da parceria Bosch-UMinho. Participou como investigadora nos projetos científicos internacionais: 1) “Políticas de comunicação, radiodifusão pública e cidadania: subsídios para o desenvolvimento sociocultural em Portugal e no Brasil, financiado pelo convénio de cooperação Científica e Tecnológica realizado entre a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e a Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior (CAPES) e 2) “E-Media Education Lab”, Financiado pela União Europeia e em cooperação com parceiros da Bélgica, Itália, França, Finlândia e Inglaterra. Foi, ainda, bolseira de investigação nos projetos “Escolinhas Criativas” (financiado pelo QREN) e “Postais Ilustrados: para uma sócio-semiótica da imagem e do imaginário” (financiado pela FCT). É membro da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (Sopcom), do Grupo de Jovens investigadores em Ciências da Comunicação e da European Communication Research and Education Association (ECREA).

Cynthia Luderer

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Comunicação e Semiótica pelo programa de Comunicação e Semiótica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com estágio sanduíche desenvolvido junto ao programa de Antropologia da Alimentação da Universitat Rovira i Virgili, Tarragona, Espanha. Como pesquisadora, atua junto a dois grupos de pesquisa brasileiros, Memória, Comunicação e Consumo-Mnemon -, mantido pela Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo (ESPM-SP) e o Grupo de Pesquisa em Mídias 1 dia 7 dias- da PUC-SP. As suas investigações voltam-se aos temas culturais midiatizados, tendo peculiar interesse pelo processo criativo, pela análise dos discursos, pelo consumo e pela memória para compreender espetáculos como o Carnaval e, em especial, a Gastronomia. No Brasil, dedicou-se à licenciatura de História e como coordenadora e professora de cursos de hospitalidade e de gestão.

Daniel da Cruz Brandão

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Media Digitais, na Especialidade de Criação de Conteúdos Audiovisuais e Interativos, pela Universidade do Porto (2014). No âmbito do doutoramento desenvolveu o projeto Museu do Resgate (www.museudoresgate.org), um website participativo que coleta vídeos feitos por cidadãos sobre o quotidiano da cidade, com o objetivo de legitimar a sua vocação patrimonial. É também um dos coordenadores do Citadocs, um projeto de realização colaborativa de mini-documentários, nascido no Future Places Medialab for Citizenship. Oito anos de experiência de docência no ensino superior público e privado, nas áreas do Design de Comunicação, do Audiovisual e da Multimédia, distribuídos pelo Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), pela Escola Superior Artística do Porto (ESAP), pela Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos (ESAD) e pela Universidade Católica Portuguesa polo de Braga (UCP-Braga). Integra o comité organizativo da DIGICOM (Conferência Internacional em Design e Comunicação Digital) e do Plug&Play (Conferências sobre Design). Investigador integrado do CECS e colaborador do ID+. Designer multidisciplinar especializado em Vídeo e Motion Graphics tendo realizado vários trabalhos para instituições na área da cultura, com particular destaque para a Fundação de Serralves com a qual colaborou durante seis anos também enquanto designer de comunicação e multimédia.

Eduardo Duque

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutor em Sociologia pela Universidade Complutense de Madrid, em 2008, é Professor Auxiliar na Faculdade de Ciências Sociais da UCP. Desenvolve investigação sobre religião e valores na pós-modernidade, tempo, temporalidades e tendências socioculturais. Está envolvido em diversos projetos de investigação com apoio nacional e europeu. O seu último livro intitula-se Mudanças Culturais, Mudanças Religiosas (Humús, 2014). Foi distinguido com o Prémio Extraordinário da Universidade Complutense de Madrid.

Elsa Costa e Silva

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorou-se em Ciências da Comunicação em 2013, na área de especialidade em Economia Política da Comunicação.  É Professora Auxiliar do Instituto de Ciências da Universidade do Minho, onde ensina nas áreas de Jornalismo, Economia Política e mercados de comunicação. Fez parte da equipa do projeto financiado pelo FCT “A regulação dos Media em Portugal: o caso da ERC”. Foi jornalista do Diário de Notícias durante dez anos.

Emília Araújo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professora Auxiliar no Departamento do Sociologia do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, doutorou-se em Sociologia, em 2005. Desde 2013 exerce as funções de vice-presidente da referida instituição, tendo também dirigido anteriormente o Mestrado em Sociologia. Ensina nas áreas das metodologias, cultura e tecnociência e tem desenvolvido trabalho de investigação sobre sociologia do tempo, mobilidades e ciência. Foi investigadora principal do projeto “Mobiscience: trajectórias de investigadores Portugueses e circulação do conhecimento” e tem participado em vários projetos de investigação relacionados com a cultura, ciência e tecnologia. É membro da Associação Portuguesa de Sociologia e da IAMCR. Dinamiza a Associação Portuguesa de Estudos do Tempo e Sociedade.

Esser Jorge Silva

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Estudos da Comunicação: Tecnologia, Cultura e Sociedade Projeto de investigação: Os profissionais da política: Estudo sobre a formação, estratégias e práticas duráveis da elite da política no período 1974-2014 Orientação: Moisés de Lemos Martins e Juremir Machado da Silva

Fábio Ribeiro

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

ompletou o Doutoramento Europeu em Ciências da Comunicação, na especialidade de Sociologia da Comunicação, em 2013, atribuído pela Universidade do Minho (que inclui um período de atividades de formação complementar de seis meses na Universidade Autónoma de Barcelona, em Espanha). Atualmente as funções de Gestor de Ciência e Tecnologia no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) da Universidade do Minho. Desenvolve investigação na área dos estudos radiofónicos e da Educação para os Média, nomeadamente no estudo das dinâmicas associadas às rádios comunitárias na Europa e na América Latina (regulação, financiamento e comunicação para o desenvolvimento). Interessa-se ainda pela temática da comunicação da ciência, sobretudo pela forma como os centros e investigadores podem potenciar a visibilidade do seu trabalho científico. É sócio da Sopcom e da ECREA. Foi jornalista estagiário na TSF-Rádio Notícias e consultor de comunicação no setor empresarial.

Fátima Cristina Senra Barbosa

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Sociologia pela Universidade do Minho (2016), Fátima Barbosa é atualmente é Bolseira de Investigação no projeto Europeu SHARE (Survey of Health, Ageing and retirement in Europe). Estuda os cuidadores informais com 50 e mais anos, as suas necessidades e qualidade de vida dos idosos, assim como o impacto da prestação de cuidados informais na sua saúde. Entre 2003 e 2011 trabalhou como diretora técnica e diretora de serviços em Instituições Particulares de Solidariedade Social. Integra o Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais  

Felisbela Lopes

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, em 2003, Felisbela Lopes é Professora Associada com Agregação do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. Desenvolve investigação nas áreas jornalismo televisivo, sobre a cobertura mediática em temas de saúde ou a relação entre jornalistas e as fontes de informação. É coordenadora do grupo de trabalho ‘Estudos Televisivos’ da Sopcom. Colabora com vários órgãos de comunicação social (JN/DN; RTP e Correio do Minho).

Francisco Conrado

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Ciências da Comunicação Título do Projeto: Os fluxos da Informação online: interpretação, compreensão e apropriação pelo jornalismo Orientador: Luís António Santos

Helena Machado

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Helena Machado é professora catedrática no Departamento de Sociologia, Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. É especialista em Sociologia do Crime, com um enfoque particular nas relações entre os média e o sistema de justiça e nos desafios éticos e societais decorrentes do uso da genética em formas contemporâneas de governação da criminalidade. Em 2015, foi-lhe atribuída uma Consolidator Grant do Conselho Europeu de Investigação (European Research Council), um dos mais prestigiados e competitivos financiamentos para investigação científica de excelência em espaço europeu. A sua investigação  é de natureza transdisciplinar, intersectando os Estudos Sociais da Ciência, a Bioética, a Sociologia e a Criminologia para explorar  de que forma a genética desencadeia desafios acutilantes para a o exercício da cidadania, democracia e controlo social nas sociedades contemporâneas. Entre a sua obra constam Genética e Cidadania (Afrontamento, 2017), Tracing technologies: Prisoners’ views in the era of CSI  (com Barbara Prainsack, Ashgate, 2012,  Direito, justiça e média – Tópicos de sociologia (com Filipe Santos,  Afrontamento, 2012) e Manual de Sociologia do Crime (Afrontamento, 2008).

Helena Pires

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professora Auxiliar do Departamento de Ciências da Comunicação no Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, doutorou-se em Ciências da Comunicação, pela UM, em 2007. Ensina nas áreas de Publicidade, Semiótica e Cibercultura. Tem desenvolvido trabalho de investigação sobre paisagem urbana e cultura visual. É co-coordenadora do projeto “Paisagens, Cultura e Artes da Contemporaneidade”. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Helena Sousa

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Presidente do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, concluiu o doutoramento na City University, em Londres, em 1996. Professora Catedrática no Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho, coordena diversas atividades de natureza pedagógica e científica. Entre as diversas áreas de investigação que dinamiza constam a regulação dos media e políticas de comunicação e a interseção da economia política da comunicação com o jornalismo. Editora do European Journal of Communication, é Full Member do EuroMedia Research Group. Participou durante dez anos na coordenação (como chair e vice-chair) da secção de Economia Política da IAMCR. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Inês Amaral

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências da Comunicação em 2012, pela Universidade do Minho, com financiamento da FCT, Inês Amaral é Professora Auxiliar no Instituto Superior Miguel Torga, onde é vice-presidente do Conselho Científico e coordenadora científica da Licenciatura em Multimédia. Ensina na área da Comunicação Digital. Tem desenvolvido trabalho de investigação sobre sociabilidades na redes sociais digitais, literacia digital, tecnologias e envelhecimento ativo, consumos mediáticos na era digital. É membro da IAMCR, ECREA, INSNA, COST e SOPCOM. Atualmente integra a rede CEDAR (Consortium on Emerging Directions in Audience Research) e duas ações do COST: IS1402 – Ageism from a Multi-National, Interdisciplinary Perspective e CA15122 Reducing Old-Age Social Exclusion: Collaborations in Research and Policy (enquanto MC Substitute). É co-fundadora da Associação Portuguesa de Formação e Ensino a Distância.

Inês Beatriz Rebanda Coelho

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Ciências da Comunicação Título do projeto: Autoria Conjunta e a Comunicação da sua Arte: A Disparidade entre a Visão Legal e Social do Cinema e da sua Indústria Orientadores: Doutora Helena Pires e Doutor Pedro Dias Venâncio

Isabel Macedo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Isabel Macedo é doutora em Estudos Culturais pela Universidade do Minho, na área da Comunicação e Cultura. A sua tese intitula-se Migrações, memória cultural e representações identitárias: a literacia fílmica na promoção do diálogo intercultural, resultando de um projeto financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. É investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade e os seus principais interesses de investigação conjugam as áreas das Migrações, dos Estudos Fílmicos, da Memória Cultural, das Representações Sociais e da Comunicação Intercultural. Entre as suas publicações constam “Os jovens e o cinema português: a (des)colonização do imaginário?” e “Diasporic Identity(ies) and the Meaning of Home in Lusophone Documentary Films”, este último em co-autoria. É membro da ECREA – European Communication Research and Education Association, da AIM – Associação de Investigadores da Imagem em Movimento, da SOPCOM – Sociedade Portuguesa de Ciências de Comunicação e dos Grupos de Trabalho de Cultura Visual e Jovens Investigadores em Ciências da Comunicação, que integram a SOPCOM.

Isabel Sá

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em História, pelo Instituto Universitário Europeu, de Florença, em 1992, Isabel dos Guimarães Sá ensina História da Europa Moderna no departamento de História da Universidade do Minho. Colabora também com o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. Desenvolve pesquisa em História de Portugal e do seu império nas áreas da História Social, e escreveu vários livros sobre as Misericórdias portuguesas, bem como biografias de três rainhas de Portugal do século XVI, entre as quais a de D. Leonor de Lencastre (1498-1525).

Ivo Domingues

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professor Auxiliar do Departamento de Sociologia do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, doutorou-se em Sociologia, na área de Sociologia das Organizações na Universidade do Minho, em 2000. Orienta a sua investigação para a análise da (re)produção organizacional realizada por actantes humanos e não humanos, desenvolvendo considerações que se apoiam, em primeiro lugar, na Teoria da Estruturação, Teoria Actor-rede e Teoria da Co-orientação e, ainda, na Teoria Institucional, Teoria Contingencial e Teoria Cultural Organizacional. Como consultor, presta apoio à gestão da qualidade e da sustentabilidade das organizações. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Ivo Neto

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Ciências da Comunicação Título do projeto: Informação 4G: Os desafios que as tecnologias móveis colocam no campo da informação Orientadora: Felisbela Lopes

Jean-Martin Rabot

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorou-se em Sociologia, na área de conhecimento de Teorias e metodologias fundamentais, em 2005, na Universidade do Minho, onde é Professor Auxiliar do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho.  Ensina na área das Teorias sociológicas, da Sociologia da cultura, da Sociologia da arte, comunicação e média. Tem desenvolvido trabalho de investigação no domínio da sociologia do quotidiano e do imaginário, da sociologia da pós-modernidade e da sociologia do média interativos.

João Gonçalves

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Estudos de Comunicação: Tecnologia, Cultura e Sociedade Título do projeto: O Peso da Escolha: o discurso online dos públicos em período eleitoral Orientadoras: Sara Pereira e Marisa Torres da Silva

João Paulo Meneses

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Ciências da Comunicação, pela Universidade de Vigo em 2008, é Professor Auxiliar Convidado no Curso de Comunicação do ISMAI e jornalista. Insere a sua investigação na área dos estudos radiofónicos, a relação entre jovens e a rádio, níveis de consumo e hábitos mediáticos, e ainda as questões que se colocam entre as fontes de informação e os jornalistas. É autor dos livros “Tudo o que se passa na TSF” (2003) e “Estudos sobre a Rádio” (2012).

João Sarmento

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

João Sarmento é geógrafo, professor auxiliar no Departamento de Geografia da Universidade do Minho desde 1999. Defendeu o seu doutoramento em Geografia pela University College Cork, Irlanda (2001) e a agregação pela Universidade de Lisboa (2014). Publicou extensivamente nos campos da Geografia Cultural, Estudos Pós-coloniais, Estudos de Turismo, Estudos Urbanos e Pensamento Geográfico. A sua pesquisa concentra-se em Portugal, África, Oriente Médio e Ásia Central. Lecionou em mais de 20 universidades diferentes em todo o mundo.

Joaquim Costa

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professor Auxiliar do Departamento de Sociologia do Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade do Minho (UM), doutorou-se em Sociologia nesta mesma universidade no ano de 2005. É atualmente diretor da Licenciatura em Sociologia na UM e secretário do Conselho Pedagógico do ICS. Tem leccionado múltiplas áreas da sociologia, entre elas Teorias Sociológicas, Classes/Estratificação Social e Religião. A Sociologia da Religião é a área em que mais tem investigado e publicado. Entre a sua obra constam Sociologia dos Novos Movimentos Eclesiais — focolares, carismáticos e neocatecumenais em Braga, (2006) e O Que é Uma Universidade Católica? Estudo sociológico sobre o ensino de economia e gestão na Universidade Católica Portuguesa (2014). Pertence à Associação Portuguesa de Sociologia (APS).

Joaquim Fidalgo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorou-se em Ciências da Comunicação (especialidade Jornalismo) em 2007, pela Universidade do Minho. É Professor Auxiliar no Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho. Ensina nas áreas de Jornalismo e de Metodologias de Investigação. Investiga as temáticas de identidade profissional dos jornalistas, Ética do Jornalismo, Novos Media e Regulação dos Media. Tem participado em projetos internacionais como MDM (Media for Democracy Monitor), INDIREG (Indicators for independence of audiovisual media services regulatory bodies e Independent Study on Indicators for Media Pluralism in the EU Member States). É membro da IAMCR, ECREA e Sopcom.

José Carlos Venâncio

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Ciências Sociais, pela Universidade de Mainz (Alemanha), em 1984, é Professor Catedrático da Universidade da Beira Interior (UBI), onde ensina na área da Sociologia, lecionando também na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (Angola). Investiga nas áreas da Sociologia da Cultura, dos Estudos Culturais e Estudos Africanos. É membro do conselho científico da Revista Angolana de Sociologia e vice-presidente da mesa da assembleia da Sociedade Angolana de Sociologia. De 1996 a 2007 foi Professor Visitante da Universidade de Macau.

José Cunha Machado

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professor Auxiliar do Departamento de Sociologia no Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, doutorou-se em Sociologia em 2009, na especialização de Matemática e Estatística para as Ciências Sociais. Diretor-adjunto do Departamento de Sociologia, ensina nas áreas das Metodologias e Técnicas Quantitativas e Estudos Demográficos. É especialista em Análise de Dados com utilização do IBM SPSS Statistics e Amos. É investigador em vários projetos no âmbito da Sociologia da Saúde, com particular destaque para o projeto europeu SHARE. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

José Pinheiro Neves

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorou-se em Sociologia em 2005 na Universidade do Minho, onde é Professor Auxiliar no Departamento de Sociologia no Instituto de Ciências Sociais. Tem desenvolvido trabalho de investigação sobre redes sociais, activismo e as net-ecologias. Fundador e vice-presidente de um observatório interdisciplinar sobre as relações entre a tecnologia e a Ecologia (Observalicia), é também o criador do blogue Ecosofia nas redes digitais. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Katiusce Faccin Perufo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Socióloga  e investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho. Desempenha atualmente as funções de gestora executiva do projeto SHARE – Portugal (Survey of Health, Ageing and Retirement in Europe). Tem desenvolvido trabalhos de pesquisa e publicado sobre o envelhecimento, com destaque para a temática das sociabilidades dos idosos nas sociedades contemporâneas.

Liliana Oliveira

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências da Comunicação, na especialidade de Estudos Sociais de Ciência e Tecnologia, em regime de co-tutela nas Universidades do Minho e de Salamanca, em 2015, Liliana Oliveira é técnica superior de comunicação nos Serviços de Comunicação, Imagem e Relações Públicas da Universidade de Aveiro. Tem como áreas de interesse a comunicação de ciência, participação pública, alterações climáticas, comunicação nas universidades e comunicação das alterações climáticas.

Lívia Pinent

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Ciências da Comunicação Título do projeto: Orientadora: Helena Pires

Luís António Santos

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorou-se em Ciências da Comunicação, em 2011, pela Universidade do Minho, onde é Professor Auxiliar do Instituto de Ciências Sociais e diretor-adjunto do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade. Investiga em áreas relacionadas com a transição dos média para ambientes digitais (incluíndo áreas como a regulação). Foi investigador dos projetos “Estação NET: moldar a rádio para ambiente web” e “A regulação dos média em Portugal: o caso da ERC”. Foi jornalista durante dez anos, tendo trabalhado no Jornal de Notícias, Rádio Press-TSF, Diário de Notícias, TVI e BBC World Service.

Luís Humberto Marcos

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Ciências da Informação pela Universidade Complutense de Madrid, é Professor e coordenador do Curso de Ciências da Comunicação do Instituto Universitário da Maia (ISMAI). Diretor do Museu Nacional da Imprensa, organizador do PortoCartoon-World Festival e autor de vários estudos sobre história da imprensa, tecnologias da informação, censura e humor gráfico, é Secretário geral da AssIBERCOM – Associação Ibero-americana de Comunicação – e membro da direção da CONFIBERCOM – Confederação Ibero-americana de Associações Científicas e Académicas de Comunicação. Foi curador de várias exposições de cartoon nacionais e internacionais, tais como Cartoon Virtual MuseumMuseu Virtual da Imprensa e as Galerias virtuais sobre Censura e Obama. Luís Humberto Marcos é autor de vários projetos internacionais como o Porto Cartoon-World Festival, o Concurso Universitário Luso-Brasileiro de Cartoons e o Museu sem Fronteiras da Imprensa da Lusofonia, em fase de desenvolvimento.

Lurdes Macedo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, desde 2013, é Professora Auxiliar na Universidade Lusófona Porto, onde leciona na área das Relações Públicas. É investigadora de Pós-Doutoramento da FCT no CECS. Foi membro da equipa de investigação do projeto “Narrativas identitárias e memória social: a (re)construção da lusofonia em contextos interculturais” (CECS – UM), co-editora do Anuário Internacional de Comunicação Lusófona, em 2010 e 2011, e do e-book Interfaces da Lusofonia, em 2014. Foi assistente convidada na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viseu, entre 2009 e 2012.   Informações sobre o projeto de Pós-Doutoramento Título: “Da “comunidade imaginada” à “comunidade imaginativa”: possibilidades de construção de uma lusofonia inclusiva através da comunicação para o desenvolvimento (C4D)” Orientação: Moisés de Lemos Martins (UMinho), Armando Jorge Lopes (Universidade Eduardo Mondlane) e Muniz Sodré (Universidade Federal do Rio de Janeiro) Resumo: Partindo da ideia postulada por vários autores (Wieviorka, 2002; Warnier, 2003; Canclini, 2007) de que a diversidade de culturas constitui uma questão fundamental para a compreensão das tensões da nossa contemporaneidade, tomar-se-á por objeto a comunidade geocultural da lusofonia – composta por cidadãos de diversos grupos étnicos, com distintos modos de vida e que habitam diferentes regiões do globo – numa investigação sobre as oportunidades oferecidas pela Web 2.0 ao aprofundamento da comunicação intercultural. Através da abordagem teórico-metodológica da Comunicação para o Desenvolvimento, será estudado o contributo de conteúdos produzidos no âmbito desta investigação, a exibir no Museu Virtual da Lusofonia (em projeto), para a promoção da diversidade e do diálogo entre culturas, em Portugal, no Brasil e em Moçambique. Será testada a hipótese de a comunidade geocultural da lusofonia, exemplo do pode ser uma “comunidade imaginada” (Anderson, 1994 [1983]) poder revigorar-se através das suas “comunidades imaginativas” (Beeson, 2003: 125).

Madalena Oliveira

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorou-se em Ciências da Comunicação, em 2007, pela Universidade do Minho, onde é Professora Associada no Departamento de Ciências da Comunicação. Ensina nas áreas de Semiótica, Comunicação e Linguagens, Jornalismo e Som e História da Comunicação. Tem desenvolvido trabalho de investigação sobre cultura sonora e visual. Foi investigadora principal do projeto “Estação NET: moldar a rádio para ambiente web” (concluído em abril de 2015). Do ponto de vista associativo, é Vice-Presidente da Sopcom, onde coordena o Grupo de Trabalho ‘Rádio e Média Sonoros’, e chair da secção de Rádio da ECREA. Foi jornalista da TSF-Rádio Notícias e Assessora de Imprensa.

Mafalda Lobo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Estudos de Comunicação. Tecnologia, Cultura e Sociedade Título do projeto: Jornalismo económico em Portugal: A Cobertura Jornalística da Intervenção da Troika na Imprensa especializada (2011-2014) Orientadoras: Helena Sousa e Estrela Serrano

Mafalda Oliveira

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Ciências da Comunicação Título do projeto: A utilização da Internet pelos idosos: Usos e gratificações Orientador: Jean-Martin Rabot

Manuel Gama

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorou-se em Estudos Culturais, ramo de Sociologia da Cultura, no quadro do Programa de Doutoramento em Estudos Culturais, em regime de co-tutela entre a Universidade do Minho e a Universidade de Aveiro, em 2014. Professor Assistente Convitado no Instituto Politécnico de Viana do Castelo, é investigador de Pós-Doutoramento com um projeto que envolve o CECS da UMinho, a Universidade de Santiago de Compostela e a Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Estuda as relações culturais no espaço lusófono. Foi diretor da Dois Pontos Associação Cultural, encenador, gestor cultural e ator. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais   Informações sobre o projeto de Pós-Doutoramento Título: “Redes de Cooperação Cultural Transnacionais: Portugal europeu, lusófono e ibero-americano” Orientação: Helena Sousa (UMinho), Maria Immacolata Vassallo Lopes (Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo) e Xosé López Garcia (Faculdade de Ciências da Comunicação, Universidade de Santiago de Compostela) Resumo: O projeto tem como objetivo principal fomentar e qualificar as práticas de trabalho em rede dos profissionais e das organizações do setor cultural e criativo portugueses, apoiando a aquisição de aptidões, competências e conhecimentos que concorram para facilitar o acesso mais generalizado às oportunidades profissionais e para promover a cooperação cultural nacional e transnacional.

Manuel Pinto

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho em 1996, Manuel Pinto é Professor Catedrático do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, onde ensina nas áreas de Estudos Jornalísticos e Literacia para os Media. É o Diretor do curso de Doutoramento em Ciências da Comunicação da UM. Tem desenvolvido investigação sobre Literacia para os Media, Sociologia dos Media e Políticas de Comunicação. Coordenou a equipa portuguesa que participou no projeto europeu EMEDUS (European Media Literacy Education Study), financiado pela Comissão Europeia. É membro eleito do Conselho Geral da Universidade do Minho e, desde 2014, integra o Conselho Geral Independente da Rádio e Televisão de Portugal S.A.

Mara Fernandes da Silva

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Curso de doutoramento em Sociologia Título do projeto: Consumo de drogas: O impacto da Educação pelos Pares nos comportamentos de risco dos jovens Orientadoras: Alice Delerue Matos e Susana Henriques

Maria da Luz Correia

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorou-se em Ciências da Comunicação e em Sociologia, num título em co-tutela entre a Universidade do Minho e a Université Paris Descartes – Sorbonne (França), em 2013. É Professora Auxiliar na Universidade dos Açores, ensina nas áreas de Comunicação e Cibercultura. Tem desenvolvido trabalho de investigação sobre cultura visual e, particularmente, fotografia. Recentemente foi também Professora Auxiliar na Universidade Lusófona do Porto e investigadora de Pós-Doutoramento da FCT.   Informações sobre o Pós-Doutoramento Título: “Metodologias visuais: para uma história da fotografia recreativa” Orientadores: Moisés de Lemos Martins (CECS – UMinho) e Nelson Zagalo (CECS – UMinho) Resumo: Este projeto visa rever a história das práticas fotográficas lúdicas das últimas décadas do séc. XIX e das primeiras do séc. XX, nomeadamente através da recolha e da análise de fotografias encenadas e manipuladas de arquivos pessoais e públicos. Pretende-se relacionar a tradição fantasista da fotografia com a iconografia digital, promovida pelas realidades virtuais e aumentadas.

Mariana Lameiras

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, em 2016, é atualmente Fellow na United Nations University Operating Unit on Policy-Driven Electronic Governance (UNU-EGOV). Dedica-se à área das Políticas da Comunicação, Electronic Governance e Regulação (dos Media). Ao longo dos anos, envolveu-se em vários projetos de investigação do CECS, nomeadamente “A Regulação dos Media em Portugal: O Caso da ERC”, “Os 50 Anos do Telejornal” e “Imagens da Infância – Discursos Mediáticos sobre as Crianças em Risco”. É correspondente nacional e colabora com o Observatório Europeu do Audiovisual e com o Institute for Information Law (Universidade de Amesterdão), entidade associada do Observatório Europeu do Audiovisual (Conselho da Europa), através do desenvolvimento de estudos coletivos e da redação regular de artigos para a IRIS – Legal Observations of the European Audiovisual Observatory e para a base de dados Merlin. Pertence aos Grupos de Trabalho (GT) “Jovens Investigadores” e “Economia e Políticas de Comunicação” da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (Sopcom), ao International Federation for Information Processing, Working Group 8.5 e à  Comunidade ICEGOV, através da qual integra a organização da International Conferences on Theory and Practice of Electronic Governance. Foi docente convidada da Universidade Católica Portuguesa (UCP – Porto, Escola das Artes) entre 2013 e 2015. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Marisa Vieira Mourão

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, com uma dissertação sobre o potencial da rádio na promoção da literacia mediática em contexto escolar. Colaborou na conceção do Think-tank do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) e, atualmente, é Gestora de Ciência e Tecnologia do CECS.

Marta Noronha e Sousa

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Ciências da Comunicação Título do projeto: A Propagação de Histórias através de Múltiplos Media: Por um modelo conceptual de transmediações, adaptações e outros exercícios derivativos Os orientadores Moisés Martins e Nelson Zagalo

Matthias Hamman

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Matthias Hammann é Doutor em Estudos Culturais (Sociologia da Cultura) pela Universidade do Minho, 2017, tendo defendido a tese “Narciso, o arquiteto do vazio”. É Psicanalista pela Escola Paulista de Psicanálise, 2016, e Mestre em Educação pela UnB, Universidade de Brasília, 2011. Foi pesquisador no INEP, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2008-2013, tendo-se licenciado em Ciências Económicas (2007), pela Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP.

Moisés de Lemos Martins

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professor Catedrático da Universidade do Minho, Moisés de Lemos Martins é o Diretor do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) da Universidade do Minho, que fundou em 2001. Doutorou-se em Ciências Sociais na Universidade de Ciências Humanas de Estrasburgo, em 1984. Ensina e investiga em semiótica social, sociologia da comunicação e da cultura, comuncação intercultural, estudos lusófonos. É Diretor da revista Comunicação e Sociedade e também da Revista Lusófona de Estudos Culturais. Em termos associativos, foi Presidente da Sopcom, Confibercom e Lusocom. Entre a sua obra constam: Crise no Castelo da Cultura (2011); L’imaginaire des médias(com Michel Maffesoli, 2011), Portugal Ilustrado em Postais (com Madalena Oliveira, 2011); Caminhos nas Ciências Sociais (2010); Comunicação e Lusofonia (com Helena Sousa e Rosa Cabecinhas, 2006); A Linguagem, a Verdade e o Poder (2002); O Olho de Deus no Discurso Salazarista (1990).

Moisés Límia

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Jornalismo pela Universidade de Santiago de Compostela (USC), é atualmente investigador de Pós-Doutoramento na Universidade do Minho, com um projeto sobre as relações entre literatura e jornalismo. Desenvolvendo investigação sobre Teoria da Literatura e Literatura Comparada, redes sociais e diversas formas de participação no jornalismo surgidas após o advento da Web 2.0, Moisés Limia participa no grupo de investigação ‘Novos Medios’, composto por professores e pesquisadores em Ciberjornalismo de 11 universidades espanholas. Pertence às seguintes associações de investigação: European Communication Research and Education Association (ECREA); International Association for Literary Journalism Studies (IALJS); Sociedad Española de Periodística (SEP) e Association for Education in Journalism and Mass Communication (AEJMC).   Informações sobre o projeto de Pós-Doutoramento Título: “Relações entre Jornalismo e Literatura ao longo da História: uma aproximação histórica, temática, ontológica e comparada” Orientação: Manuel Pinto (UMinho). Resumo: Pretende-se estudar a evolução das relações entre Jornalismo e Literatura ao longo da história, especificamente a partir da construção prévia de um quadro teórico, uma abordagem metodológica ad hoc para o estudo da história comparativa das relações entre Jornalismo e Literatura, abrangendo as suas fases mais significativas através de estudos de caso concatenados.

Nina Amelung

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Nina Amelung é socióloga e investigadora no projeto EXCHANGE – Geneticistas forenses e a partilha transnacional de informação genética na União Europeia: Relações entre ciência e controlo social, cidadania e democracia (ref. 648608), financiado pelo Conselho Europeu de Investigação (ERC) e liderado por Helena Machado. Defendeu a sua tese de Doutoramento em Sociologia na Technische Universität Berlin (publicação pendente). A sua investigação tem-se focado na construção social da cidadania, dos públicos(s) e da democracia no contexto transnacional.  Para o efeito, tem recorrido às perspetivas teóricas que se situam na interseção dos estudos de ciência e tecnologia, da sociologia política e dos estudos organizacionais. Atualmente, a sua investigação debruça-se nos desafios democráticos da troca transfronteiriça de dados biométricos e na análise da construção de públicos nos regimes europeus de controlo de fronteiras e da criminalidade.

Patrícia Maria Teixeira da Silva

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Sociologia Título do projeto: O impacto da interação face-a-face e mediada pelas TIC na Qualidade de Vida dos idosos portugueses Orientadores: Alice Delerue Matos e Roberto Martinez-Pecino

Patrícia Silveira

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Finalizou o Doutoramento Europeu em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho em 2016, na especialidade de Educação para os Media, com a tese “Crianças e Notícias: construindo sentidos sobre a atualidade e o mundo”. Atualmente é Professora Auxiliar Convidada no IADE/Universidade Europeia e Coordenadora Pedagógica do Projeto Educativo Media Lab Diário de Notícias e Media Lab Jornal de Notícias. Entre a pesquisa que desenvolve constam as seguintes áreas: literacia mediática, participação e cidadania; estudos das audiências; teorias e modelos da comunicação e do jornalismo; e infância, media e atualidade. Colaborou como docente da Licenciatura em Ciências da Comunicação, na Universidade do Minho, e participou como investigadora no Projeto “e-Media Education Lab”, co-financiado pela União Europeia, e como bolseira de investigação nos Projetos “Escolinhas Criativas” (financiamento pelo Quadro de Referência Estratégica Nacional) e “A Política das Alterações Climáticas: discursos e representações”(financiamento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia). Em 2012, realizou um período de investigação na Universidade Autónoma de Barcelona, durante o qual colaborou com o Projeto EMEDUS – European Media Literacy Education Study`. É membro da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (Sopcom) e da European Communication Research and Education Association (ECREA). Venceu o Prémio Mérito Escolar, atribuído pela Universidade do Minho, em 2009.

Paula Bessa

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em História da Arte, na área de conhecimento de Pinturas medievais tardias e do início da idade moderna no norte de Portugal, pela Universidade do Minho em 2008, é Professora Auxiliar do Departamento de História da Universidade do Minho. Entre as suas áreas de investigação constam a as temáticas relativas às pinturas medievais tardias e do início da idade moderna no norte de Portugal.

Paula Campos Ribeiro

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Paula Ribeiro tem um doutoramento em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, em comunicação inter-organizacional estratégica; Programa de Doutoral em Ciências da Informação e Comunicação da Universidade de Santiago de Compostela, Espanha. Bacharel em Desenvolvimento de Negócios pela Universidade Católica de Braga e licenciada em Filosofia pela Universidade Católica de Lisboa. Pesquisador Académico; Assistente universitária na Universidade Fernando Pessoa, de 1991 a 1999, palestrante de “Técnicas de Relações Públicas”, “Relações públicas institucionais”, “Gestão de publicidade e comunicação”. Também ensina “Comunicação Organizacional” na Universidade do Minho. Empreendedora e consultora em comunicação organizacional desde 1992.

Paula Lobo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Investigadora de pós-doutoramento com apoio da FCT, Paula Lobo concluiu o Doutoramento em Ciências da Comunicação, ramo de Psicologia da Comunicação, na Universidade do Minho, em 2011, ensina na Licenciatura em Comunicação Social na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viseu. Estuda temas relacionados com espaço público, género, cidadania e literacia mediática.   Informações sobre o projeto de Pós-Doutoramento Título: Construir pontes entre as narrativas públicas e as experiências privadas – uma perspetiva de género na construção dos média sobre a taxa de natalidade Orientadores: Rosa Cabecinhas (CECS – UMinho), Maria João Silveirinha (CES – Universidade de Coimbra) e Olga Bailey (Universidade de Nottingham Trent – Reino Unido) Resumo: Este projeto procura apresentar uma abordagem interativa do papel dos média como plataformas para o debate entre o declínio da taxa de natalidade e as persistentes desigualdades de género, nas esferas públicas e privadas. Estes dois complexos problemas sociais encontram em Portugal um caso particular, onde a taxa de natalidade é a mais baixa da Europa e estudos apontam inclusivamente que as perspetivas de género são raramente incluídas no discurso mediático. Considerando estes pressupostos, desenvolve-se uma metodologia de ação-investigação que pretende: a) reunir e analisar notícias e documentos públicos; b) analisar redes sociais e depoimentos de intervenientes em entrevistas semi-estruturadas; c) criação de condições para a realização de debates entre jornalistas, investigadores, ONG, entre outros, através de workshops e plataformas online.

Paula Lopes

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Sociologia pelo ISCTE-IUL, em 2014, Paula Lopes é Professora Auxiliar no Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL). Ensina nas áreas dos estudos jornalísticos e da literacia mediática. Tem desenvolvido investigação sobre práticas e competências de literacia mediática e a sua relação com práticas de cidadania. É membro da ALFAMED (Red interuniversitaria euroamericana de investigación sobre competencias mediáticas para la ciudadanía), da ELO (Unidade de Investigação em Estudos do Local) e integra o FILM – Fórum Informal sobre Literacia dos Media. É, desde 1988, membro do Clube Português de Artes e Ideias. Foi jornalista, formadora de jornalismo/ciberjornalismo no CENJOR, trabalhou em comunicação institucional e em programação cultural.

Pedro de Andrade

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Sociologia da Cultura, pela Universidade Nova de Lisboa, em 2002, foi docente, entre outras instituições, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e na Universidade do Minho, na área da cibercultura. Coordenador de vários projectos de investigação financiados pela FCT: ‘Literacia Científico-Tecnológica e Opinião Pública: o caso dos museus de ciência’; ‘Comunicação Pública da Arte: o caso dos museus de arte locais/globais”, entre a sua obra publicada constam Sociologie Sémantico-Logique des Ruines: pour une hermeneutique hybride de la ruine à la Web 2.0 et à la Web 3.0 A arte Excursionista. Desenvolveu ainda atividades em artes plásticas, cinema experimental (Paris_Film_Coop), hibrimédia e jogos digitais (Body Cinema, primeira webpage cultural Portuguesa, Hybrilog, Jogos Sociológicos, GeoNovela). Entre as principais áreas de pesquisa constam os museus de arte e ciência, as comunicações digitais e literacias, redes sociais digitais (Web 2.0/Web 3.0) e as metodologias e hipermédia. Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Pedro Jerónimo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais, em 2014, pela Universidade do Porto e Universidade de Aveiro – metade do percurso contou com financiamento da FCT, por via do programa UT Austin | Portugal. É Professor Auxiliar no Instituto Superior Miguel Torga, onde lecciona na área de Comunicação Digital e onde é co-coordenador científico da Licenciatura em Multimédia e membro dos Conselhos Científico e Pedagógico. Tem desenvolvido investigação sobre a transição dos media regionais e locais para o ambiente digital, os processos de produção de noticias para multiplataformas (papel, web e mobile) e consumos mediáticos na era digital. É membro da SOPCOM, coordenador-adjunto do GT Jornalismo e Sociedade e membro-fundador do GT Jovens Investigadores da associação, bem como editor da revista científica Estudos de Jornalismo. Membro do Observatório do Ciberjornalismo, tem trabalhado em rede com observatórios congéneres e projectos de investigação de países ibero-americanos.

Pedro Portela

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, em 2015, é Professor Auxiliar da Universidade do Minho, onde ensina unidades curriculares ligadas à sonoplastia, audiovisuais, públicos e práticas mediáticas. Centra a sua investigação nos estudos radiofónicos e de som, particularmente nos fenómenos interativos entre a rádio e as audiências, medindo níveis de consumo e de participação na sonoesfera digital. Dinamiza o programa “O Domínio dos Deuses”, emitido à segunda-feira na Rádio Universitária do Minho.

Rafaela Granja

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Rafaela Granja é doutorada em Sociologia pela Universidade do Minho (2015) e é atualmente investigadora em pós-doutoramento no âmbito do projeto “EXCHANGE – Geneticistas forenses e a partilha transnacional de informação genética na União Europeia: relações entre ciência e controlo social, cidadania e democracia” (ref. 648608), financiado pelo Conselho Europeu de Investigação (ERC) e liderado por Helena Machado. A partir de etnografias digitais e outras metodologias qualitativas, a investigação que desenvolve explora controvérsias em torno das intersecções entre família, genética e crime em diferentes disciplinas. O seu trabalhou anterior versou sobre reconfigurações das relações familiares dentro e fora das prisões.

Rita Araújo

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, em 2017, com uma tese sobre “Dinâmicas de construção do noticiário de saúde: uma análise da imprensa generalista portuguesa” (investigação financiada com uma bolsa de doutoramento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia). Foi Visiting Scholar no New York City Food Policy Centre, CUNY School of Public Health – Hunter College. No CECS, foi investigadora do projecto europeu HeaRT – Health Reporting Training Project, financiado pela Comissão Europeia, e bolseira de investigação do projecto A Doença em Notícia, financiado pela FCT. Interessa-se pelas áreas do jornalismo, jornalismo na saúde, comunicação na saúde, e fontes de informação.

Rita Ribeiro

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professora Auxiliar do Departamento de Sociologia, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, completou o doutoramento em Sociologia, na Universidade do Minho, em 2008. Desenvolve investigação na área da sociologia da cultura e, particularmente, no domínio da identidade europeia, identidade nacional, políticas culturais, cultura e identidade local, estudos pós-coloniais. No ensino, dedica-se atualmente às áreas de sociologia da cultura, multiculturalidade e sociologia do consumo. Pertence à ESA (European Sociological Association).

Rodrigo Saturnino

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Sociólogo digital, doutor em Sociologia pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (2015). Trabalhou como Analista de Média na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). Foi investigador colaborador no Centro de Estudos das Migrações e Relações Interculturais da Universidade Aberta desde 2009 (CEMRI-UAB) e professor/tutor no sistema de E-learningna mesma instituição. Em termos de investigação, estuda os novos modos de vida que emergem do capitalismo digital. Informações sobre o projeto de Pós-Doutoramento Título: “A Internet e a Economia da Partilha em Portugal: Novos modos de vida em tempos de capitalismo digital” Orientação: Helena Sousa (Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho).

Rosa Cabecinhas

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professora Associada do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, doutorou-se em Ciências da Comunicação, na Universidade do Minho, em 2003. Ensina nas áreas da Psicologia Social e Comunicação Intercultural. Dedica-se principalmente às seguintes áreas de investigação: diversidade e comunicação intercultural, memória social, representações sociais, identidades sociais, estereótipos e discriminação social. Atualmente é vice-chair do projeto COST “Social psychological dynamics of historical representations in the enlarged European Union”.

Rui Pereira

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, em 2013, com uma tese intitulada “O Anti-comunismo na Imprensa Portuguesa de Referência durante o Período de ‘Normalização’ – os Casos do ‘Diário de Notícias’, ‘Expresso’ e ‘Público'”. Estuda a análise do discurso e, em particular, as conexões entre cultura e política no discurso mediático. Foi jornalista profissional entre 1982 e 2001.

Sandra Marinho

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências da Comunicação, na área de Estudos de Jornalismo, pela Universidade do Minho em 2012, é Professora Auxiliar na UM, onde ensina nas áreas de Metodologias de Investigação e Jornalismo. Desenvolve investigação sobre a qualidade no ensino do jornalismo. Entre as suas publicações constam o livro “Jornalismo e Formação em Mudança: modelos e construções na análise do caso português” (CECS – UMinho, 2015) e o artigo científico, em co-autoria, “O erro médico na imprensa portuguesa: quando os pacientes fazem parte da notícia“. É sócia de diversas associações de pesquisa internacionais, como a IAMCR, ECREA, ICA e AEJMC (Association for Education in Journalism and Mass Communication).

Sara Balonas

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professora Auxiliar do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, Sara Balonas doutorou-se em Ciências da Comunicação na UM, em 2013. Ensina nas áreas da Comunicação Estratégica e da Publicidade. O seu trabalho de investigação foca-se na reconfiguração da publicidade, compreendendo a sua função na sociedade para além do consumo e enquanto contributo para um melhor exercício de cidadania. As áreas de estudo incluem: publicidade na esfera social, publicidade comportamental, comunicação do terceiro setor, estratégias de responsabilidade social empresarial. Interessa-se ainda pelas temáticas da comunicação territorial, comunicação política e relação da comunicação com a religião. É fundadora da empresa B+ Comunicação (2002) e do programa Be true (2010) – programa de atuação em responsabilidade social. É membro da direção de uma IPSS. É cronista no jornal Público. Foi embaixadora de empreendedorismo nomeada pela Comissão Europeia (2010-2013). Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Sara Pereira

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Estudos da Criança, em 2004, na Universidade do Minho, Sara Pereira é Professora Associada e Diretora do Departamento de Ciências da Comunicação do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. Desenvolve investigação sobre audiências, comunicação e cidadania e literacia para os media, que são igualmente as suas áreas de docência. Pertence à Sopcom, onde coordena o GT (Grupo de Trabalho) de Comunicação e Educação, bem como à IAMCR e ECREA.

Sheila Khan

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Sheila Khan é socióloga, atualmente investigadora de pós-doutoramento no projeto EXCHANGE (2015-2020), financiado pelo European Research Council. Doutorada em Estudos Étnicos e Culturais pela Universidade de Warwick, tem no seu percurso académico centrado nos estudos pós-coloniais, com especial enfoque nas relações entre Moçambique e Portugal. De entre os temas que tem trabalhado destacam-se: história e literatura moçambicana e portuguesa contemporâneas, narrativas de vida e de identidade a partir do Sul Global, autoridades de memória e de pós-memória como dever de memória e coragem cívica. As suas mais recentes publicações são: “Portugal a lápis de cor. A sul de uma pós-colonialidade” (Almedina, 2015) e “Visitas a João Paulo Borges Coelho. Leituras, Diálogos e Futuros” (orgs. Nazir Can, Sandra Sousa, Leonor Simas-Almeida e Isabel Ferreira Gould, Colibri, 2017).

Silvana Mota-Ribeiro

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Professora Auxiliar do Departamento de Ciências da Comunicação, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, doutorou-se em Ciências da Comunicação, nesta instituição em 2011. Leciona nas áreas da cultura e semiótica visuais, arte, moda e comunicação estratégica. Desenvolve investigação na área dos discursos de género, análise de imagem, semiótica social, multimodalidade.

Tatiana Lopes de Vargas

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutoramento em Estudos Culturais Projeto de investigação: Ócio e ambiente: subjetividades e práticas na iniciativa comunitária Aveiro em Transição Orientação: Anabela Carvalho e José Clerton de Oliveira Martins

Teresa Ruão

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorada em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, em 2008, é Professora Associada do Departamento de Ciências da Comunicação, Vice-Presidente do Instituto de Ciências Sociais da UM e Presidente do Conselho Pedagógico no mesmo instituto da UM. Leciona e investiga nas áreas de Comunicação Organizacional e Estratégica, Comunicação na Saúde, Marcas e Relações Públicas. Membro fundador da Sopcom (Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação), integra a direção do Grupo de Trabalho de Comunicação Organizacional, desde 1997.  Participa regularmente na Comissão Científica dos congressos da ECREA e ICA. Entre as obras publicadas constam A Organização Comunicativa: teoria e prática em Comunicação Organizacional (2016) e Marcas e Identidades – Guia da Concepção e Gestão das Marcas Comerciais (2006). Grupo de investigação: Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais

Vítor de Sousa

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorado em Ciências da Comunicação (Teoria da Cultura), pela Universidade do Minho, em 2015, exerce atualmente as funções de Gestor de Ciência e Tecnologia do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS). Entre as suas áreas de investigação constam as questões em torno da identidade, estudos culturais, educação para os média e teorias de jornalismo. É sócio da Sopcom, ECREA e da Associação dos Amigos da Biblioteca Municipal de Penafiel. Venceu o Prémio Científico Mário Quartim Graça 2016, que distinguiu a melhor tese concluída nos últimos três anos na área das Ciências Sociais e Humanas, em Portugal e na América Latina. Foi jornalista (1986-1997) e assessor de imprensa (1997-2005).

Zara Pinto-Coelho

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Doutorou-se na Universidade do Minho na área da Semiótica da Comunicação. Professora Associada no Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho, coordena a linha de investigação ‘Estudos Culturais’ do CECS e ensina nas áreas dos estudos do discurso e da imagem visual, da pragmática da comunicação, da semiótica social e da sociologia da comunicação. Os seus interesses de investigação incluem o discurso noticioso sobre saúde, os discursos de género e da sexualidade em revistas femininas e os discursos das políticas ambientais. Interessa-se igualmente pela análise crítica discursiva das ideologias divulgadas nas campanhas de prevenção das drogas, pela análise do poder, ideologia e identidade em vários tipos de discursos e em imagens publicitárias.

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.