John Downey: “o populismo não é tanto uma ideologia autónoma, mas um estilo comunicativo”

01 October 2019

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O professor e investigador britânico, que se dedica à pesquisa em Comunicação Política, John Downey, refere-se ao populismo como um fenómeno transnacional, que acontece de forma semelhante em todos os países. 

John Downey

Para o pesquisador são diversos os fatores – alguns mais relevantes do que outros – que contribuem para que o populismo exista nos dias de hoje. Fatores, esses, bem explorados por movimentos, políticos e partidos. “Sabem muito bem organizar e adotar uma retórica política que encontra eco entre as pessoas que se sentem desamparadas”, explica.

Ainda nesta reflexão, John Downey fala sobre o papel dos média, especificamente do serviço público de jornalismo, e defende que é preciso insistir na verdade para desconstruir a mentira. Conclui dizendo que “num mundo da pós-verdade precisamos todos ainda de continuar a centrar atenções na verdade”. A entrevista pode ser vista na íntegra aqui.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.