Manuel Fernández Sande: o digital como oportunidade e ameaça para a diversidade audiovisual

13 February 2019

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Manuel Fernández Sande afirma que a era digital é uma ameaça e, simultaneamente, uma oportunidade para a preservação da memória e da diversidade audiovisual, considerando que, atualmente, o principal problema é a catalogação.

Manuel Fernández Sande. Fotografia de Sofia Gomes

Numa entrevista ao think tank Communitas, que pode ser vista na íntegra aqui, o professor e investigador da Universidade Complutense de Madrid olha para a diversidade audiovisual na era digital, abordando o conceito, as atuais políticas de comunicação e a relação entre o ambiente digital e a preservação desta diversidade.

Ainda nesta reflexão publicada por ocasião do Dia Mundial da Rádio, Manuel Fernández Sande fala sobre a valorização dos conteúdos sonoros nesta era digital, defendendo que o ambiente digital está, de alguma maneira, a permitir um ressurgimento do áudio. Termina, contudo, dizendo que, hoje, “ouve-se mais, mas escuta-se menos”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.